domingo, 14 de julho de 2013

Crítica: Escola de Rock (The School of Rock) - 2003



Em comemoração ao Dia Mundial do Rock, que aconteceu ontem, 13 de julho, eu baixei o filme Escola de Rock (The School of Rock), mas infelizmente não consegui ver. Então, hoje, um dia depois, tomei coragem e, vi esse filme, que há muito tempo queria, mas não tinha "tomado coragem".

O filme é estrelado por Jack Black, (personagem inútil no filme que foi assunto da primeira crítica que você pode ver, clicando aqui), que faz o papel de um roqueiro que, após ser expulso de sua banda, assume o nome de seu amigo nerd para ser o professor substituto em uma escola, onde ele começa a ensinar rock para os alunos e, acaba enganando eles, para que eles participem de uma competição de bandas.

Obviamente, o filme se desenrola com a história do professor ensinando os alunos, e se tornando uma pessoa melhor. Provavelmente você já viu algum filme com essa história. Mas, esse é diferente. O motivo é óbvio, está no nome do filme. O filme é banhado com uma trilha sonora cheia de clássicos do rock. Temos Led Zeppelin, AC/DC, entre outros. Tenha certeza que para você aproveitar o filme e, sentir verdadeiramente a emoção, você tem que gostar do Rock e, ter pelo menos ouvido falar dessas duas bandas que acabei de citar. Mas, se você gostar de outros estilos de música, também vai gostar do filme, mas não vai sentir tanta emoção quanto os roqueiros.

Jack Black está muito bem no papel, e também canta muito bem, assim como todos os coadjuvantes. A maioria das crianças nunca tiveram contato com o teatro, mas já tinham contato com a música. As crianças estão muito bem, cantando, interpretando ao todo, mas, é claro que tem a que se destaca. Ela é ninguém menos que Miranda Cosgrove! Sim, a Carly de iCarly, que possuía apenas 10 anos. Não é de se admirar um pouco menos que um ano depois, ela estava no elenco de Drake e Josh e, depois de mais três anos, protagonizava um seriado. Enfim, a maioria das outras crianças não tiveram sorte ou vontade e, não continuaram no cinema.

O filme mostra como é o verdadeiro espírito do Rock, seus objetivos, suas intenções com a sociedade, e o modo de curti-lo, além de cenas onde o combate contra o preconceito está presente e, o otimismo vence.

A história tem clichês básicos de filmes assim, mas nos surpreende bastante vezes, ainda mais no final, que é muito divertido e, é a melhor parte do filme. Falando em partes do filme, aguardem, que daqui a pouco ou talvez amanhã, postarei um vídeo aqui com meu Top 15 ou top 10 de cenas do filme.

Nota para o filme: 9.0

Tabela de Informações

Data de Estréia: 3 de Outubro de 2003
Duração: 108 Minutos
Direção: Richard Linklater
Produção: Scott Aversano, Steve Nicolaides, Scott Rudin
Roteiro: Mike White
Distribuição: Paramount, Buena Vista

Para mais informações sobre Escola de Rock, clique aqui (link em inglês).







0 comentários:

Postar um comentário