quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Crítica: Linha de Frente (Homefront) - 2013


O segundo post do novo blog é outra crítica, dessa vez de Linha de Frente.

Estrelado por Jason Statham, o filme Linha de Frente conta a história de um ex-policial, que mora sozinho com sua filha em uma pequena cidade, onde ele é encontrado por um ex-chefe de máfia, cujo filho foi morto em uma operação policial.

Trazendo o novo "brucutu" do momento, o filme é mais um bom filme de ação. Começando com Phil Broker (Jason Statham) infiltrado em uma gangue comandada por Danny T (Chuck Zito), o filme tem uma sequência inicial mostrando o que promete: um filme repleto de ação, com cenas muito boas e violentas. Depois da sequência inicial que lhe mostra a ação que você quer, você já pode prever tudo que vai acontecer no filme.

O filme conta com a pequena Izabela Vidovic, como a filha de Broker, cuja mãe está morta. A garota é uma garota talentosíssima, mesmo com tão pouca idade, protagonizando boas cenas de drama e, ação, atuando realmente muito bem. Um exemplo é quando ela está presa numa lancha (não vou falar que lancha nem o motivo dela estarpresa ali), e liga para o pai desesperada, ou então quando dá um olhar para o pai que muda o final do filme. A garota é uma atriz que promete muito.

Além de ser um filme de ação que entrega toda ação que você espera, o filme também conta com um bom aprofundamento de personagens, que mostram um lado humano. Aparente vilões dando de heróis no final, superando vícios e, encarando perigos.

Como todo filme de ação atual, o filme conta com algumas cenas irreais e, protagonistas imortais e, que não sentem dor. O vilão, de James Franco atua com Winona Ryder, em um relacionamento que acontece de repente e, nem se sustenta como um relacionamento, como visto no final. É impossível não pensar em Breaking Bad quando vemos que James Franco é um produtor de metanfetamina, e até mesmo quando ele aparece cozinhando. 

Também como todo filme de ação, tem alguns personagens que poderiam ser facilmente retirados, sem casar estrago algum, como é o caso do Xerife, interpretado por Clancy Brown, que só mostra mínima utilidade no final (e, é realmente uma utilidade bem mínima). Há também uma construção de um romance, que no final, não dá em nada. Tem cenas que existem só para se desenvolver o romance, fazendo com que o espectador espere alguma resposta disso no final, o que não aparece.

Contando com cenas de ação empolgantes, e "mentiradas" normais de filme de ação, Linha de Frente é um bom filme e, mostra que até brucutus podem ser bom atores, como é o caso de Jason Statham, que atua muito bem na pele do ex-policial.

Nota: 8.6

Tabela de Informações
Data de estreia: 6 de Dezembro de 2013 (Brasil)
Duração: 100 min
Direção: Gary Fleder
Produção: Sylvester Stallone, Kevin King Templeton, John Thompson, Les Weldon
Roteiro: Sylvester Stallone, Chuck Logan
Distribuição: Millenium Films




0 comentários:

Postar um comentário