terça-feira, 15 de julho de 2014

IT'S A TRAP - Proteínas

Protídeos são substâncias formadas por carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio. Os mais complexos são as proteínas e os mais simples são os aminoácidos.

Proteínas

Proteínas são macromoléculas de alto peso molecular, graças a concentração de aminoácidos. As proteinas podem ser divididas em:
  • Não essenciais: São produzidos pelo homem
  • Essenciais: Não são produzidos pelo homem
Para uma proteína ter um maior valor nutricional, ela precisa de aminoácidos essenciais. Na natureza, podemos encontrar 20 tipo de aminoácidos. A diferença entre esses aminoácidos está no radical, o chamado grupamento R.

Na molécula. os aminoácidos são ligados por ligações peptídicas. Para a formação de um dipeptídeo, é necessário que haja uma desidratação, isto é, quebra de uma molécula de água. Por outro lado, a hidratação desfaz a ligação peptidica. Quando se fala em peptídeo, se fala em uma cadeia pequena, de cerca de 100 aminoácidos. As proteínas designam uma cadeia de muitos aminoácidos, e por isso são polipeptídeo.


Estruturas

  • Estrutura primária - É uma sequência linear, por onde a proteína é identificada. Pode sofrer mutações, que alteram a forma e a função das proteínas.
  • Estrutura secundária - É uma sequência angular, e é considerada o primeiro dobramento que a proteína dá no espaço. As dobras são estabilizadas por ligações de hidrogênio.
  • Estrutura terciária - É a estrutura onde a atividade biológica da proteína é determinada. É a forma tridimensional da proteína. 
  • Estrutura quaternária - É a estrutura formada por mais de uma cadeia polipeptídica. 
Resumindo, a estrutura primária é uma sequência de aminoácidos. A secundária é quando os aminoácidos interagem por meio de ligações de hidrogênio. A terciária é quando a hélice dobra-se sobre si mesma. E, a quaternária ocorre quando a proteína é formada por mais de uma cadeia polipeptídica.

Além disso, as proteínas podem ser chamadas de homoproteínas ou simples quando apresentam apenas aminoácidos na constituição, e heteroproteínas ou conjugadas quando apresentam outro componente na composição.

Desnaturação

A desnaturação de proteínas é a perda da forma tridimensional, ou seja, a perda da forma terciária. É um acontecimento frequente e irreversível. Pode ser provocado por calor excessivo, que quebra as ligações que estabilizam ou pelo ph, que altera as ligações iônicas.

Funções

As proteínas apresentam muitas funções no organismo, como estrutural, transportadora, armazenadora, hormonal, energética, entre outras. 

Estrutural

As proteínas formam os componentes celulares e extracelulares. A queratina participa no fortalecimento de unhas, pele e pelo. A caseína é a proteína do leite. Além disso, participam da constituição da membrana plasmática e do cito esqueleto. 

Transportadoras e Armazenadoras

A hemoglobina transporta gases pelo sangue, enquanto a mioglobina armazena oxigênio nos musculos.

Hormonal

Na parte hormonal, temos a insulina, que controla a concentração de glicose.

Nutricional e energética

Na parte nutricional, as proteínas são fontes de aminoácidos, até mesmos os essenciais. Na parte energética, as proteínas são, em caso de emergência, a terceira fonte energética consumida pelo nosso corpo.

Defesa

A proteína também ajuda na defesa do corpo, na produção de anti-corpos, que protegem o sistema imunológico, como é o exemplo da imunoglobulina. 

Enzimas

As enzimas são proteínas que são catalisadoras biológicas, já que diminuem a energia de ativação das reações químicas. Elas são específicas, e trabalham apenas na presença de determinado substrato. 

Quanto maior a temperatura, mais rápido é a ação enzimática, desde que a temperatura não ultrapasse os limites ideais. Se acaso o fizer, vai acontecer a já falada desnaturação. Além disso, com o PH ácido, as enzimas também são desnaturadas. Lembrando que de 0 a 7, o PH é considerado ácido, 7 é neutro e de 7 a 14 é básico. Assim como o calor, quanto maior a concentração de substrato, maior a velocidade, desde que a quantidade de substrato não seja exagerada. Se acaso acontecer, haverá saturação enzimática e a velocidade vai permanecer constante.

0 comentários:

Postar um comentário