terça-feira, 15 de julho de 2014

IT'S A TRAP - Vitaminas

As vitaminas são compostos orgânicos necessários para o bom funcionamento do metabolismo, e trabalham como coenzimas, ativando enzimas. No entanto, vale lembrar que as vitaminas não são sintetizadas pelo organismo e, apenas as adquirimos conforme nossa dieta alimentar. Além disso, não possuem função energética, como os carboidratos, lipídios e proteínas.

Algumas vitaminas são encontradas na natureza em forma de provitaminas, uma forma percursora e ainda não ativa. Quando se há carência total de vitaminas, entra-se no estado de avitaminose. Também existe o estado hipovitaminose, o estado onde a pessoa possui uma carência parcial de vitaminas. Além disso, existe a hipervitaminose, que é o excesso de vitaminas.

De acordo com a solubilidade, as vitaminas são divididas em dois tipos:

  • Hidrossolúveis - Vitaminas do Complexo B, vitamina C e vitamina P. Essas vitaminas não são acumuladas por nosso corpo. 
  • Lipossolúveis - Vitamina K, vitamina E, vitamina D, vitamina A. Essas vitaminas são acumuladas pelo nosso corpo.

Hidrossolúveis

Vitamina B1

A vitamina B1 foi a primeira vitamina a ser descoberta. Ela atua como uma coenzima, ativando outras enzimas. A doença causada pela carência dessa vitamina é o beribéri que, em cingalês, significa "fraqueza". Além disso, podem haver inflamações de nervos periféricos. Essa vitamina pode ser encontrada em cereais, ovos, carne, etc.

Vitamina B2

Essa vitamina atua na respiração celular e, evita rachaduras nos lábios. Sua carência pode provocar fadiga e dermatite. É encontrada em ovos, carne, fígado e latícinios.

Vitamina B3

Essa vitamina faz o transporte dos íons de hidrogênio, e sua carência pode levar a diarreia. No passado, a carência dessa vitamina era muito frequente em certas regiões da Itália. É encontrada em carnes, ovos, fígado.

Vitamina B5

Atua na respiração celular e, sua carência pode levar a fadiga e anemia. Pode ser encontrada em ovos, carne, fígado.

Vitamina B6

Essa vitamina participa da síntese de aminoácidos e sua carência leva a convulsões e anemia. Pode ser encontrada em fígado, carnes, feijão, etc.

Vitamina B8

Essa vitamina atua na respiração celular e sua carência pode levar a queda de cabelos. Presente em fígado, soja, ovo, laticínios.

Vitamina B9

Atua na síntese de DNA e RNA e, sua carência pode levar a anemia e redução do crescimento. Pode ser encontrada em brócolis, espinafre feijão. Essa vitamina é produzida pela flora bacteriana do intestino.

Vitamina B12

Essa vitamina atua na maturação dos glóbulos vermelhos e, na síntese de DNA e RNA. Sua carência pode levar  a anemia perniciosa e degeneração do sistema nervoso. Alimentos ricos em vitamina B12 são carne, ovos, fígado, peixes. Essa vitamina também é produzida pela flora bacteriana do intestino.

Vitamina C

Essa vitamina participa da síntese de colágeno e consequentemente sua carência torna as paredes dos capilares frágeis, podendo causar hemorragias e escorbuto, além de fragilidade óssea. Supõe-se que a vitamina C é capaz de retardar o envelhecimento. Está presente em frutas cítricas, morangos, tomates, legumes e verduras.

Vitamina P

A vitamina P protege a parede dos vasos sanguíneos, é encontrado em frutas cítricas, brócolis, trigo, etc.

Lipossolúveis

Vitamina A

A vitamina A fortalece a visão, a pele e os pelos. Sua carência pode levar a cegueira noturna e xeroftalmia. É encontrada em vegetais, ovos, fígados e laticínios.

Vitamina D

A vitamina D ajuda na absorção de cálcio pelo intestino e evita o raquitismo e a osteoporose. Vale saber que a vitamina D geralmente é encontrada na natureza como uma provitamina e, pra ser absorvida pelo corpo, é necessário contato com raios ultravioletas. A vitamina está presente me ovo, leite, verduras.

Vitamina E

A vitamina E tem uma ação antioxidante e sua carência pode levar à anemia hemolítica. Encontrada em óleos de soja, amendoim, etc.

Vitamina K

Atua na coagulação sanguínea, sua carência pode causar dificuldade na coagulação e hemorragias. Encontrada em alface, repolho, espinafre e é produzida pela flora bacteriana do intestino.

0 comentários:

Postar um comentário